sexta-feira, 20 de julho de 2012

Avaliação da aula com o uso do blog

Ao desenvolver a aula com o uso do blog, os alunos ficaram mais motivados pela oportunidade de terem divulgação de seus trabalhos e também por comentarem o trabalho de outros. Isso não só tornou a aula mais atrativa, como também  a enriqueceu muito mais e foi uma maneira de incentivá-los a escrever poesias que nem sempre é uma tarefa fácil, mas que eles desenvolveram essa atividade de forma lúcida. Portanto, é muito bom escrever quando alguém vai ler aquilo que produzimos e a ferramenta blog possibilita essa interação tão importante na escrita e na leitura.
  As facilidades encontradas foram poucas, no entanto se dispuséssemos de mais tempo, talvez umas quatro aulas, teríamos desenvolvido as atividades com mais sucesso. Enfim, dessa experiência ficou o aprendizado que é possível melhorar nossas aulas se planejarmos bem e se usarmos ao nosso favor a ferramenta do blog teremos um excelente resultado. Concluindo, o curso foi muito bom, mostrando que é possível melhorar sempre

Trabalho realizados pelos alunos



Fazenda Águas claras
Naquela fazenda havia uma cachoeira, uma cachoeira muito bela, que atraia muitos turistas de todos os lugar do mundo. Também havia uma lagoa para turistas pescarem, havia barcos por lá também, um belo dia turistas do maranhão foram passar suas férias na fazenda Águas claras foram pescar peixes na lagoa, e foram tomando um tereré, na lagoa tinha muitos ''jacarés'' mas eles não imaginavam que uma grande chuva estava se aproximando deles. Provocando muitos danos. E no meio dos turistas havia um menino que disse ''que água molhada e fria'' e sua mãe disse ''claro filho toda água é molhada e água das lagoas costumam ser frias que da até para tomar tereré.
Passado alguns minutos os turistas escutaram um forte barulho vindo do mato. Mas ai um deles gritou , olha a chuva que se aprocima e vai nos atingir, ai todos ficaram extremamente apavorados achando que ia morrer, mas a forte chuva passou e tudo ficou bem.
Os turistas continuaram a viagem e adoraram o passeio. 




Escola Estadual Ernesto Solon Borges
Aluno: Lucas 

E. E. Ernesto Solon Borges
Disciplina:Literatura
Professora:Lea
Aluno:Joice, Tais e Caio
Data:

Poema:
AGUA
Agua pura,fervida e congelada
Agua que deve ser amada,
Agua que nos da as vida
E pena que por nos e poluida.

As geleiras derretendo estao
A cor da agua já não se ve mais não,
Tambem cai de nossos olhos por tristeza ou emocao
Lugares tem falta dela,um exemplo o sertao.

Aguas que nos dao prazer
E que bebemos ao amanhecer
Muitos por falta dela adoecem
Acham que dela não desfalecem.

Se e tao simples ela usar
Tambem facil e preservar,
Se pensarmos em não poluir
Ela sempre nos fara sorrir.




E. E. Ernesto Solon Borges
Disciplina: Português
Professora:Leia
Aluno:Valdinei,Macsuel,Leandro e Lucas januario
Data:02/07/2012

Poema: Água

cachoeiras

O jacaré sobre a água
sobe sobre a pedra
para avistar as cachoeiras
na sombra do buriti
espera a chuva
que vai cair.

Aguas de mar

Sobre a água do mar
a vitória régia flutua sobre os corais
e junto com os águapés
os barcos iluminam.

Com o lodo do rio
pessoas tomam banho
e tomam tereré,longe das baleias
do mar cai a água do chuveiro
junto com as água das torneiras,
na piscina.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

                                   Água em vida


O tempo é caminho de rio que corre às pressas e não volta

O sol reflete nas águas e nas pedras tudo é lindo é só viver!

Ah! Como a vida é bela

Pássaros voam, pousam de forma esplendida esse é seu objetivo

E nós?

Somos folha que a água carrega e não volta que só a chuva desperta e mostra como a vida é bela!

Autoras:Laura Ximenes e Laís Lucinda

 

Professora: Léa Pereira da Silva

sexta-feira, 15 de junho de 2012

video




Poesia é voar fora da asa”
Noventa por cento do que escrevo é invenção. Só dez por cento é mentira”.
Manoel de Barros.

Sugestão de aula:
Poesia de Manoel de Barros: “O guardador das águas”.

Compreender a obra do poeta brasileiro e pantaneiro Manoel de Barros, na tentativa de sugerir práticas pedagógicas interdisciplinares que incentivem estudantes a recriarem significados para a língua materna, bem como sensibilizar e instigar concepções alternativas, de uma Educação Ambiental,na construção dos sentidos,trabalhando palavras vivas, provocadoras,arcaicas ou inovadoras, criando expectativas de um mundo melhor.
Ler e escrever poesias.
Conhecer um pouco da poesia de Manoel de Barros.
    1º Passo: O professor poderá iniciar a aula indagando os alunos se eles conhecem alguma poesia de Manoel de Barros, se podem recitar algum trecho do poema.
    2º Passo: Solicitar aos alunos que imaginem uma cena relacionada a águas e pedir que digitem no computador dez palavras provenientes da cena que imaginaram. Por exemplo,se pensarem em uma cena de cachoeira, as palavras poderão ser pedras,areia,árvores, peixes... Pedir que os alunos digitem no computador a cena que imaginaram deverá aparecer no texto que vão produzir.
    3º Passo: Dividir os alunos em duplas e solicitar que cada um da dupla leia para o outro o texto que escreveu no computador, mostrando as 10 palavras escolhidas.
    4º Passo: Desafie as duplas de alunos a escrever um poema(no poema devem constar algumas das 20 palavras).
       5º Passo: Para dar referências de como o poema poderá ser escrito,   pensado, pedir, que todos assistam ao vídeo: Águas de Manoel de Barros. http://www.youtube.com/watch?v=lMEIZpQR9H0

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Minha prática com uso de blogs

Acredito que ao utilizar o blog com sua potencialiadade, terei um aliado que vai dinamizar mais minhas aulas, torná-las mais divertidas, interessantes e eficientes. Além disso, é uma excelente oportunidade de divulgação tanto do  trabalho do professor, como do aluno.Penso que ao lançar mão dessa ferramenta, em minhas aulas, vou incentivar meus alunos a escrever textos e a revisá-los,visto que eles ,muitas vezes, não gostam de revisar os seus textos, porque sabem que terão seus trabalhos lidos apenas pelo professor. Infelizmente,ter o trabalho lido só pelo professor não motiva o aluno a escrever. É legal, escrever e compartilhar o que escrevemos com outras pessoas,não é mesmo? Portanto, quando divulgamos o trabalho do aluno, o mesmo se  sente importante,  valorizam mais as aulas que tem,pois elas passam ter sentido para ele.